Artigos

Depressão Mascarada

        Muitas vezes a depressão pode passar despercebida por um longo período, pois muitos dos sintomas iniciais podem não ser identificados como sendo próprios da depressão podendo ser desconsiderados ou subvalorizados. Os sintomas mais específicos, como sentimentos de tristeza, solidão, desvalia (sentimento de perda ou falta de valor), desesperança, choro fácil, desânimo, são mais facilmente percebidos. No entanto, existem alguns sintomas menos específicos que podem ser indicativos de que alguém já está sofrendo de depressão mas ainda não sabe e, portanto, posterga a busca de ajuda e tratamento, o que pode ser uma perda de tempo precioso, pois, enquanto isso, a doença vai avançando de modo imperceptível e a pessoa, e até mesmo os familiares e amigos, tendem a ir se adaptando progressivamente a esses sintomas, que passam a ser vistos como apenas algo que faz parte do jeito de ser da pessoa ou um amuamento passageiro.

        Alguns desse sintomas "ocultos" podem ser, por exemplo:

  • Dificuldade de concentração.
  • Irritabilidade.
  • Sensação de cansaço crônico: muitas vezes apenas rotulado como "preguiça".
  • Alterações do apetite: aumento ou diminuição com aumento ou perda de peso sem justificativa aparente.
  • Diminuição do apetite sexual.
  • Mudanças no hábito de sono: dormir demais ou de menos, demorar para conciliar o sono ou tendo muitos despertares durante a noite, amanhecendo com a sensação de não ter descansado.
  • Pessimismo excessivo e preocupações exageradas.
  • Abuso de álcool e drogas; inclusive medicamentos não prescritos comprados sem receita ou tomados emprestados de outra pessoa,
  • Vale aqui uma alerta: jamais compartilhe seus medicamentos com outra pessoa sem que ela seja avaliada por um médico! Isso, embora possa parecer uma atitude de ajuda, pode ter graves consequência.
  • Dor física ou outros sintomas físicos sem causa orgânica identificável.
  • Depressão sorridente ou felicidade forçada: a pessoa tenta esconder o fato de estar deprimida usando uma máscara de felicidade, sorrindo quando na verdade está triste. Isso acontece até mesmo porque a pessoa, em função de sua baixa autoestima, não quer incomodar ou preocupar os outros, achando que seus problemas são de menor importância. Algumas vezes essa máscara é tão eficiente que todos se surpreendem quando descobrem que aquele pessoa, normalmente tão feliz e sorridente, está sofrendo de depressão.

        Se você conhece alguém que está apresentando alguns desses sintomas, saiba que pode ajudar de alguma forma, seja encorajando a pessoa a buscar ajuda médica ou psicológica ou convidando-a para um passeio ou atividades sociais, dançar, ouvir música ou qualquer coisa que possa depertar sentimentos de alegria e prazer, inclusive incentivar a praticar exercíos, desde levar o cãozinho para passear até frequentar uma academia ou praticar algum esporte de sua preferência. E, o mais importante, a melhor coisa que você pode fazer por um amigo ou familiar que esteja sofrendo de depressão é estabelecer uma conexãode disponibilidade afetiva e não julgamento a partir da qual poderá ajudá-lo a encontrar o suporte de que necessita.

Rubens Mário Mazzini Rodrigues, MD

Médico Psiquiatra - Porto Alegre - RS - CREMERS 9760
A Psiquiatria para mim, mais do que uma profissão, é um caminho para a realização de meu propósito de vida, que é a dedicação à tarefa de buscar, encontrar e ajudar a desenvolver meios de elevar o nível de consciência da humanidade em geral e ajudar a melhorar a qualidade de vida pessoal e dos relacionamentos humanos, de modo a favorecer o desenvolvimento de uma sociedade mais capaz de valorizar e promover a vida, promover a dignidade humana e, assim, contribuir para incrementar as possibilidades de satisfação, felicidade e realização para todo ser humano. Na minha visão a Psiquiatria vai além de apenas diagnosticar e tratar doenças através de uma abordagem exclusivamente organicista e farmacológica. Procuro praticar a Psiquiatria integrada com a Psicoterapia e quaisquer outras técnicas e práticas que possam contribuir para a promoção da saúde e qualidade de vida. A boa saúde mental é decorrência de um cuidado geral e integrado pela vida em todos os aspectos: orgânico, mental, emocional, existencial e espiritual.
A PSIQUIATRIA é o ramo da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das doenças mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional, tais como Depressão, Transtornos de Ansiedade, Transtorno Bipolar, Esquizofrenia entre outros. A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer "arte de curar a alma".



Rubens Mario Mazzini Rodrigues - Doctoralia.com.br

Contato e Marcação de Consultas

Consultório: Rua Luciana de Abreu 471 sala 604 - Moinhos de Vento - Porto Alegre
- Celular: 51 98127 4595 - E-mail: rubens.mazzini@yatros.com.br

Política de Uso de Conteúdo

  • Qualquer conteúdo desse site pode ser utilizado e compartilhado livremente desde que citada a fonte ou incluído um link para o endereço do site:
  • http://www.yatros.com.br

Facebook